Há coisas da nossa infância que ficam na gaveta do esquecimento, adormecidas...até termos os nossos próprios filhos.
Aí, com o passar dos anos, através das várias etapas de crescimento das nossas crianças, abrimos essas gavetas, uma a uma. De memórias, de gestos...
Hoje viajei no tempo, ao caminhar lado a lado com a minha filha até ao supermercado.
- olha, mãe, estamos a dar os passos ao mesmo tempo com o mesmo pé.
E ali estava eu e a minha mãe. Eu a fixar a cadência dos seus passos para caminhar em sintonia com ela, como se dançássemos.
Sorri. 
Puxei-a para junto de mim, ela com a sua mão na minha cintura, eu com a minha apoiada no seu ombro.


1 comentário:

  1. É giro como chegamos tão depressa ao que nós fazíamos! ❤

    ResponderEliminar

Obrigada pela vossa visita!

Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |