Semana 30/52 - 2018

30 de julho de 2018

Fez-se o rescaldo do acampamento, ouviram-se e contaram-se histórias e momentos, recordaram-se amizades, viram-se fotografias e contabilizaram-se saudades.
Muita preguiça, acrescida à que já costuma pautar os dias dos meus filhos.
No departamento doméstico, a tampa da máquina de lavar roupa explodiu, e por sorte o vidro não quebrou, mas agora pô-la a trabalhar é um ato de coragem e fé. Parece um avião de guerra a querer levantar voo. MEDO!
Confesso que já tinha saudades de abraços de filhos. Da consoladora sensação de os ter por perto, mesmo que passem mais de metade do tempo encafuados nos quartos (mais ele que ela).
O verão continua tímido, com manhãs a lembrar o outono e com o sol só a espreitar perto da hora do almoço. Diz que para a semana chega o calor. Veremos. Calhava bem, pois vamos passar uns dias na serra. Faltam 7 dias.

Semana 29/52

23 de julho de 2018

Foi a semana sem crias.
Foi bom. Há sempre saudades, mas não se morre delas, nem com elas.
Escrevi sobre isso no meu Instagram, por isso não vou repetir-me por aqui.
Focámo-nos em ter tempo de qualidade a dois. Sem ruídos. Durante a semana o tempo esteve assim-assim, como tem sido habitual mas, felizmente, no fim-de-semana esteve muito bom. Quase a fazer lembrar o Verão que costumamos ter em Julho. 
Estivémos na Fonte-da-Telha no início da semana. Fomos ao terraço Chill Out Limão depois do trabalho, a meio da semana, e passámos o fim-de-semana em Palmela/Tróia.
Terminámos o domingo na praia da Comporta. 
Uma coisa é certa, pelo menos não nos podemos lamentar que não aproveitámos ao máximo estes dias. Soube pela vida. 
É bom sentir que o vazio deixado pelos filhos não é um espaço oco e desconfortável. Muito pelo contrário.

Livro 8 de 2018

18 de julho de 2018

Sei Porque Canta o Pássaro na GaiolaSei Porque Canta o Pássaro na Gaiola by Maya Angelou
My rating: 4 of 5 stars

É um livro que se lê devagar. Que se assimila e se mastiga aos poucos. A escrita não é floreada embora aborde temas complexos. Em certo sentido, enquanto leitora agradeço, porque a realidade é assim mesmo e acaba por ser uma fraude quando lemos livros de memórias em que sentimos que há ali muita exacerbação ou romantização das coisas. Sente-se vívidamente a personalidade pragmática e forte da autora. It was nice to meet you, Miss Angelou! That's all.

View all my reviews

Semana 28/52 - 2018

16 de julho de 2018

Esta semana foi dedicada a lavar toda a roupa existente lá em casa, para os miúdos poderem fazer as malas para o acampamento com todas as opções disponíveis.
Foi a semana em que aguardámos que chegasse o dia do batismo do Gabriel (e do Lucas e do Daniel).
Esteve sempre um tempo manhoso, houve um dia em que até chuviscou. 
No sábado acabou por estar um tempo ameno, ora nublado, ora com o sol a espreitar com timidez, contudo acabou por ser perfeito para a ocasião.
Foi uma cerimónia simples mas emotiva.
Será um momento inesquecível para eles três, para a vida toda. A decisão de seguir a Jesus é pessoal, mas sem dúvida que termos com quem fazer este caminho torna tudo melhor. Que seja eterna, esta amizade. Entre eles e, sobretudo, com Deus.
No dia seguinte partiram os dois para mais um acampamento nacional. Desta feita serão 10 dias longe dos pais. 
Prometemos tirar o máximo partido destes dias só os dois, mas também prometemos ter muitas saudades.


Semana 27/52 - 2018

9 de julho de 2018

A brincar, a brincar, metade do ano já se foi.
Entrámos em Julho da melhor maneira. De férias.
Conhecemos o sotavento algarvio e gostámos tanto.
Águas límpidas, sem ondas, de um verde/azul maravilhosos.
A Praia da Fábrica foi a minha preferida e Tavira é uma vila muito pitoresca. 
Provámos os gelados artesanais do Arco Il Gelato, que são uma delícia!
Recomendamos dois restaurantes (que, por sua vez, nos foram recomendados e estão aprovados): o Ideal e a Fábrica do Costa. Mesmo para quem, como eu, não come marisco, tem muitas outras opções de peixe (a Diana não poupou elogios ao bife de atum à algarvia).
Foi só uma semana, mas muito intensa e bem passada, que ainda incluiu um breve passeio a Sevilha, num dia em que as temperaturas baixaram um pouco e o vento se fez sentir com impetuosidade.
Cidade linda que espero visitar com mais calma, um dia.
Agora é esperar por Agosto, para mais dias de descanso.

Semana 25/52

25 de junho de 2018

Não, não estive em Moscovo (embora gostasse de ter estado 😓), mas o respetivo foi até lá e agraciou-me com esta foto maravilhosa.
Diz que a cidade é mesmo grandiosa e bonita. 
Os miúdos desfrutaram da sua primeira semana de férias, num clima de fazer-nenhum. Cama-sofá-almoço-sofá-cama. Uma espécie de retiro para tirar a escola e a rotina do sistema. 
Fiz 39 anos. Tenho um ano para me despedir dos trinta. 
Estou a mais de meio do livro "Sei porque canta o pássaro na gaiola", da Maya Angelou e em contagem decrescente para uma semaninha de férias a sul.
Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |