Semana 16/52 - 2018

23 de abril de 2018

Reuniões de pais. Consulta de rotina (todos os anos faço uma colpocitologia). 
Dias de Primavera à séria. 
O rame-rame normal dos dias. Nada a assinalar. 
Zero inspiração nesta segunda-feira e muito sono.

{entretanto já marquei alojamento para NYC. mais um passo dado. faltam 6 meses e 4 dias}

Parem todos os relógios

19 de abril de 2018

Parem Todos os RelógiosParem Todos os Relógios by Nuno Amado
My rating: 4 of 5 stars

Gostei muito. Andei ali perdida no início a tentar perceber quem era quem, mas depois quando as peças se começaram a encaixar, tudo fez sentido. Os dramas, as dúvidas e a história de cada personagem são descritas de forma absolutamente maravilhosa. Foi o meu primeiro livro do Nuno Amado e fiquei com vontade de conhecer mais.

View all my reviews

Semana 15/52 - 2018

16 de abril de 2018

Mais uma semana que passou, repleta de dias chuvosos e frios. 
No sábado tivémos uma benesse. Mas ontem esteve novamente de chuva.
Ainda fomos até à praia, saborear um cacau quente, enquanto víamos o mar revolto pela janela. O que é certo é que, mesmo com vento e frio a praia, o oceano, é sempre uma paisagem que nos acalma, que nos preenche o coração.
Estou quase a terminar o "Parem todos os relógios". Um livro intenso, sobre encontros e desencontros. Muito bem escrito.
Já entreguei a folha de férias. Quase que me atrevo a afirmar que este simples gesto marca o fim dos dias frios. Uma espécie de felicidade prometida, que me autoriza a contar os dias para os momentos despreocupados, para a ausência de relógios a determinar as horas a que se devem fazer as coisas, para gelados em noites amenas, peixe grelhado e pimentos assados em dias quentes, para a pele temperada pelo mar e dourada pelo sol.
É isso. Abril vai a meio, mas já sonho com os dias felizes que se adivinham mais à frente. Contando que não me esqueça de desfrutar dos dias felizes até lá. Mesmo nas banalidades da rotina. Mesmo nas fintas que faço ao cansaço. Mesmo quando maldigo o alarme que me desperta a horas impróprias para a azáfama das marmitas e para a correria dos transportes. 
Inspiração: {Desvia-te do mal e pratica o bem; procura a paz com perseverança.}
- Salmos 34:15 -

Semana 14/52 - 2018

9 de abril de 2018

Foi uma semana de aniversários. 
65 da sogra e 19 do meu irmão.
São sempre dias especiais em que nos sentimos especialmente gratos por termos as nossas pessoas connosco. Em que o tempo recebe o peso que lhe é devido, de tão precioso que é.
Também foi a semana dos sonhos. Ainda não aterrei bem na terra, de tão entusiasmada que fiquei. Sabem, há desejos que acalentamos tantos anos no coração como inatingíveis que, no momento em que os concretizamos quase parece irreal.
Nova Iorque está à minha espera em Outubro. Vou conhecer a Big Apple, a cidade que nunca dorme. Vou percorrer os lugares que povoaram o meu imaginário cinematográfico vezes incontáveis.
Se Deus quiser, vou.
As passagens estão compradas, agora falta marcar alojamento e juntar euros, que se hão-de transformar em dólares, para a semana que vamos andar por lá a bater perna. Digo vamos porque não vou sozinha. Foi um esforço coletivo. Vou com a minha irmã e mais 3 amigas. 5 miúdas em NYC.
Para já continuo a sonhar, mas desta vez com a certeza de que o sonho está à distância de 6 meses. 

Semana 13/52 - 2018

2 de abril de 2018

Chegaram as tão esperadas férias.
E com elas, a partida dos miúdos para o acampamento regional de Desbravadores.
Nós, os pais, tivémos direito a uns dias de relaxamento total. E o tempo até ajudou.
Embora na sexta-feira tenha chovido um pouco, pudémos disfrutar de um passeio até ao Bacalhôa Buddha Eden Garden. Gostei muito. 
Ontem, queimámos os últimos cartuchos do fim-de-semana prolongado a dois na praia.
O ambiente descontraído do Borda d'Água e o sol primaveril que se fazia sentir foram o final perfeito para esta pausa da Páscoa. As acácias estavam todas em flor. Pequenos pompons amarelos a emoldurar a estrada até à praia. E tantos malmequeres. ♥

Semana 12/52 - 2018

26 de março de 2018

Dia do pai. Começou a Primavera. A hora mudou. As aulas terminaram na sexta-feira para a pausa da Páscoa.
Só coisas boas, portanto.
A chuva, entre uma investida e outra, anda a dar-nos uns diazinhos de tréguas. Já tivémos céu azul, muito embora esteja um frio de rachar. 
No sábado houve investiduras. A sobrinha Luna recebeu o lenço de desbravadora. E eu pude captar as fotos mais felizes de sempre. ♥
Passei o domingo a lavar e a secar roupa (abençoada máquina de secar!). 
Ainda houve tempo para panquecas ao lanche, bruschettas ao jantar, jogo de playstation com o pai e um filme em família, para acabar a noite.
Confesso que me custou a adormecer e ainda mais a acordar, que o corpo ainda anda a apanhar bonés com o ajuste de horário.
Mas 'bora lá, que a semana é mais curta!
Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |