Encontros imediatos

24 de julho de 2017

Mas não do terceiro grau. 
Foi hoje, na secção da fruta, enquanto escolhia a melhor manga para o meu pequeno almoço, que alguém me disse: 
-olá, gosto muito de a ler. 
Tenho a certeza que devo ter ficado assarapantada, e balbuciei algumas palermices fruto do inesperado do momento, mas espero honestamente que a Ana não tenha achado que eu sou uma totó. É verdade que não escrevo com o objetivo de ter um séquito de leitores, até porque os assuntos abordados no blog não se revestem de nenhuma importância vital para a sociedade, mas julgo que não me tomarão por arrogante se disser que me senti bem com as palavras de apreço desta querida leitora. 
Não havendo comentários, nunca sabemos quem está do outro lado, mas é bom saber que ainda vão havendo algumas pessoas. 
Obrigada, Ana! 

10 comentários:

  1. Eu também me senti sem jeito mas tive de aproveitar a oportunidade :)
    Um blogue com a longevidade do teu, com equilíbrio e tantas (boas) partilhas terá de certeza muitos seguidores!
    Um grande beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E fez muito bem Ana. Beijinho

      Eliminar
    2. Reparei que por lapso tratei-a por tu. Desculpe!
      Um beijinho.
      Ana

      Eliminar
    3. Ora essa, Ana! Podes tratar-me por tu. Sem problema. 😉

      Eliminar
  2. Às vezes com uns dias de atraso, mas também continuo sempre por aqui e ADORO!
    Beijocas gigantes <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ♥ beijinhos, minha querida amiga. Obrigada!

      Eliminar

Obrigada pela vossa visita!

Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |