Essa cena de se ser crescido num mundo apressado

24 de novembro de 2016

Hoje, num mundo ideal, acordavam à hora que o vosso corpo quisesse. Fazia um chá de erva-príncipe para o Gabriel e uma torrada, porque lhe dói a barriga. Ficavam de pijama o dia todo, enquanto viam desenhos animados ou dormiam no sofá enrolados numa manta. 
Hoje, num mundo ideal, não tinha de vos mandar para escola, porque afinal de contas não têm febre nem estão a vomitar. Mas, num mundo ideal, podemos parar, fazer um bocadinho de ronha, apenas porque não nos sentimos bem.
Hoje, num mundo ideal, eu faltava ao trabalho sem culpas, só para vos dar mimo.
A realidade foi bem o oposto. 
A realidade foi dizer-vos que a mãe não pode faltar à mínima coisa, porque depois quando for preciso mesmo a sério já tenho muitas faltas. A realidade foi dizer-vos que, às vezes, mesmo quando não nos sentimos muito bem, temos de fazer um esforço e ir à luta. A realidade foi uma porcaria. Às vezes ser adulto é isto.

1 comentário:

  1. Às vezes ser adulto é isto... e é uma m**** :( As melhoras.

    ResponderEliminar

Obrigada pela vossa visita!

Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |