Das coisas tristes

18 de março de 2010

Há laços, criados ao longo da vida, que se tornam mais fortes do que os de sangue, ou pelo menos que os igualam.
Fui criada com um grupo de meninas e meninos, todos primos. Eu e a minha irmã, mesmo não sendo da família, antes de nascermos já o éramos. Cresci a chamá-los de primos, os seus pais eram os meus tios e a avó deles era nossa também. E isto não se explica. Cresce connosco cá dentro, com a partilha de anos que nunca mais viveremos, de momentos que foram nossos e de mais ninguém.
Um grupo mais pequeno se formou, de cinco meninas, que por terem idades tão próximas, se tornaram inseparáveis. Tenho o maior orgulho em dizer que me sinto próxima delas até hoje e que, apesar das voltas que a vida deu para cada uma, posso passar o tempo que for sem as ver, que quando as vejo é como se não tivesse passado tempo nenhum. Amo-as como se ama uma irmã. E sei que a minha irmã sente o mesmo. Hoje tinha o coração apertado. Duas delas perderam ontem o pai. Só queria sair do trabalho e abraçar a sua dor. A dor que eu espero que me bata à porta daqui a anos a perder de vista. A dor que filho nenhum quer sentir. 
Dia nenhum é bom para se perder um pai, mas uma ironia amarga, que não imagino, é enterrá-lo no dia 19 de Março.

10 comentários:

  1. :-( Um beijinho grande, amiga!... Até me arrepiei... O meu pai faz anos amanhã. Para mim será um dia festa, para ti e especialmente para as tuas "irmãs" será um dos dias mais tristes da sua vida.
    Um grande beijinho!

    ResponderEliminar
  2. Meu Deus!!!
    Nem tenho palavras. Ironia do destino mesmo, amanhã é o dia do Pai.

    beijo grande

    ResponderEliminar
  3. que cena marada! nem tinha pensado nisso do dia do pai :s Só desejo que Deus conforte os corações de toda a família. bjs

    ResponderEliminar
  4. não preciso escrever nada, sinto o mesmo.

    ResponderEliminar
  5. Sim.. nO dia do Pai de ve doer.. Eu sei bem, perdi já os dois pais e não nada que deseje a ninguém!!

    Um beijo grande!

    ResponderEliminar
  6. percebo-te tão bem... :( beijinho querida e muita força para as tuas amigas que perder um pai, é como dizes, nunca deveria de acontecer... nem quero, nem gosto, de pensar nisso...

    ResponderEliminar

Obrigada pela vossa visita!

Proudly designed by | MLEKOSHI PLAYGROUND |